Itaipu Binacional promove seminário sobre sustentabilidade para educadores de Guarapuava

Tema foi “A Sustentabilidade na Prática Pedagógica: o cuidado de si, do outro e do planeta”

21/06/2024 11H25

Na tarde dessa quinta-feira (20 de junho), ocorreu, no Auditório Francisco Contini, na Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), um seminário de educação para professores, “A Sustentabilidade na Prática Pedagógica: o cuidado de si, do outro e do planeta”. O evento foi promovido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), da hidrelétrica Itaipu Binacional e Governo Federal, com apoio da Prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria Municipal de Educação e da Associação dos Municípios dos Centro do Paraná (AMOCENTRO).

“Hoje, em parceria com a Itaipu, refletimos sobre a sustentabilidade, tema esse que transcende questões geográficas e temporais. Ouvimos sobre a forma como devemos agir em favor do meio ambiente, desde as pequenas atitudes, dentro de nossas casas, com o uso do plástico, o cuidado que devemos ter com a torneira, para que não fique pingando. Então, isso nós vamos levar para dentro da sala de aula para os nossos alunos. Toda essa reflexão de hoje é para termos um futuro pensando nas próximas gerações”, destacou a secretária de educação, Rejane Corrêa da Luz.

As atividades propostas pela Itaipu Binacional e o Parque Tecnológico Itaipu, que circulam o Estado do Paraná e o sul do Mato Grosso do Sul, apresentam a proposta de uma governança participativa, que envolve e soma esforços de pessoas, instituições, sociedade civil organizada, empresas e governo com o objetivo de alcançar o desenvolvimento sustentável.

O escritor, jornalista, ator, influenciador digital e professor Fabricio Carpinejar foi convidado para falar com os professores sobre o cuidado individual e a sustentabilidade pessoal. Durante a palestra as pessoas pudaram explorar diferentes sentimentos e emoções, construindo o olhar para si. 

“Estou dentro do projeto pedagógico da Itaipu Binacional para trazer a transformação pela ternura, a empatia com o meio ambiente, mediante descobertas pessoais, individuais. O quanto que cuidando de si, estamos cuidando de todos ao redor. A palestra não tem outra motivação do que ser voz de emoção, o quanto que esse despojamento sem slide, sem programa, sem telas, é fundamental para um contato mais direto com o professor”, comentou Fabricio.

Natalino Bastos dos Santos, assessor da Diretoria de Coordenação da Itaipu Binacional, falou sobre a motivação de unir a sustentabilidade com o cuidado próprio. 

“Hoje nós estamos em Guarapuava com o seminário ‘A Sustentabilidade na Prática Pedagógica: o cuidado de si, do outro e do planeta’ com professores. Esses eventos estão sendo realizados no Paraná e no Mato Grosso do Sul por meio de um dos programas da Itaipu, que visa fazer um debate com a sociedade, principalmente na educação, sobre preservar o meio ambiente. Porque a preservação começa com o cuidado do planeta, mas antes de  tudo, com o cuidado de si mesmo. Para poder cuidar do outro e do planeta, primeiramente nós julgamos a importância das pessoas se autoconhecerem e cuidarem de si. Os professores são profissionais que, normalmente, trabalham com cuidado. Professores cuidam dos outros e, muitas vezes, não cuidam de si. Então, nós estamos propondo esse seminário como um tempo de reflexão para os professores”, explicou Natalino.

A pedagoga da Escola Municipal São José, Joceli do Rocio Taborda da Rosa, falou sobre sua experiência assistindo ao Seminário. “Estou muito feliz de participar do evento nesta tarde. O palestrante trouxe muitas reflexões, não só acerca da sustentabilidade e do meio ambiente, mas também valores que precisamos ter embutidos em nós, para que a gente possa passar também para os nossos alunos, que são os futuros cidadãos críticos, para que possamos trabalhar de forma consciente a questão do meio ambiente e da proteção do nosso planeta”, disse.

A professora da Escola Municipal General Eurico Dutra, Adriane Neitzke, já acompanhava Fabricio Carpinejar nas redes sociais e se emocionou com a palestra. “Participar dessa palestra foi muito bom. Eu já o acompanhava nas redes sociais e ele me ajudou muito em um momento muito difícil da minha vida, que foi quando meu pai faleceu, já que eu escutava muito ele falar sobre o luto. Ele falou sobre o companheirismo, ser leal, dedicado no que você faz, e gostar daquilo que você está fazendo. Acredito que são assuntos que agregam bastante na área da educação”, comentou Adriane.

Confira mais fotos do evento AQUI.

Deixe seu comentário:

Veja Mais